VIDA ATIVA NA MATURIDADE: NUNCA É TARDE PARA COMEÇAR E RECOMEÇAR

07.02.2019 em Novidades e Inspirações.
Autor do post: Lila Guimarães, jornalista e colaboradora da Donato.

Todo dia é dia, e toda fase da vida vem premiada com novos conhecimentos e desejos. Na maturidade há ainda mais uma vantagem: é fácil saber do que se gosta de verdade. Para aqueles que não conseguem ficar parados e apostam numa vida ativa, não existe limite e o mundo está cheio de convites; seja para colocar em prática um talento já comprovado ou mesmo para aflorar uma nova aspiração. É tempo também de realizar um sonho antigo e de viver plenamente em estado produtivo!

Ideias para esse estilo de vida não faltam, mas cada projeto é único. Depois de uma certa idade, muita gente não quer mais saber de trabalhar, enquanto outros ainda encontram no trabalho estímulo e prazer. Há também quem procure novas vivências com viagens e cursos, e quem viva atento para que qualquer novidade possa surpreender. É farta a oferta, até o mercado já entendeu que pessoas mais maduras podem ser muito bem-vindas (ou seriam bem-vindas-de-volta?) a cargos que precisam de experiência e comprometimento.

Um exemplo disso é a GOL que lá em 2017 criou o programa “Experiência na bagagem” contratando pessoas acima dos 65 anos em diversas áreas de atuação. A plataforma MaturiJobs também é prova dessa dinâmica cada vez mais em voga e é responsável por conectar empresas interessadas nas qualidades profissionais que pessoas com mais de 50 anos podem oferecer. Pela MaturiJobs também é possível se reciclar com workshops e iniciativas de capacitação profissional. Mórris Litvak, fundador da plataforma, viu sua avó trabalhando até os 80 anos como secretária e tradutora em uma empresa que ficava do outro lado da cidade e ainda com disposição para o voluntariado. Por causa de um acidente ela parou de trabalhar e o afastamento da vida produtiva foi definitivo para o declínio da sua saúde mental e física. Foi aí que ele percebeu o valor do trabalho para algumas pessoas e passou a dar atenção ao assunto. Hoje, sua empresa incentiva o diálogo intergeracional e alimenta uma nova cultura que valoriza a sabedoria.

Em Lisboa, mulheres e homens com mais de 65 anos formam o grupo A Avó Veio Trabalhar desde 2014. Entre uma conversa e outra, eles produzem artesanalmente objetos de decoração, trocam técnicas e histórias. Vendem seus produtos, agitam a cena entorno e se multiplicam com cada vez mais participantes e novos projetos. Visitam feiras internacionais de design e recebem os mais jovens que querem aprender e bater um papo. Toda essa disposição em se manter em movimento é inspiração e apenas uma forma de ver e viver a vida, com mais possibilidades para a convivência com outras pessoas, sejam elas de qual idade for. A vida assim, com agenda cheia e novidades a todo momento, é combustível para ir longe nessa estrada!

 

Matérias relacionadas

TER UM OBJETIVO É IMPORTANTE EM TODAS AS FASES DA VIDA

Sentir que você tem um senso de propósito na vida pode ajudá-lo a viver mais, não importa a idade, de acordo com uma pesquisa publicada na Psychological Science, revista da Association for Psychological Science.

MOMENTOS PRAZEROSOS DETERMINAM VIDA MAIS LONGA

Depois de descobrir que a longevidade está relacionada aos momentos de satisfação e felicidade experimentadas ao longo do tempo, pesquisadores da University College, de Londres, entre outras instituições, mergulharam mais na questão.

A CABEÇA FAZ A IDADE

A idade não é apenas uma questão cronológica, mas de percepção causada pelos sinais externos e internos que recebemos. Pesquisas concluem que forma como somos tratados e o jeito que encaramos os desafios, por exemplo, podem levar um indivíduo a ter mais ou menos disposição e saúde do que seriam naturais à faixa etária.

Ver todos os posts

Para participar com seus relatos, fotos ou sugestões de assuntos e viagens, por favor envie um e-mail para [email protected]