VIAGEM E LITERATURA: MAIS 8 LIVROS IMPERDÍVEIS PARA CONHECER O MUNDO

21.08.2018 em Novidades e Inspirações.
Autor do post: Lila Guimarães, jornalista e calaboradora da Donato.

Viagens e Literatura: duas paixões que costumam andar de mãos dadas! Afinal, histórias surpreendentes é o que buscamos nos nos livros e pelos cenários mais diversos do mundo.

Por aqui, indicamos mais 8 livros para quem ama ler e viajar, se aventurando com o imaginário por alguns lugares do mundo descritos com a poesia e o primor de grandes escritores. Outras sugestões estão reunidas no recente post O mundo na cabeceira: 8 livros para inspirar os viajantes, cliquem em cima do título da matéria para conhecer nossa primeira lista de livros sobre viagens!

Viagens com o Charley, de John Steinbeck

Em 1960, 0 premiado escritor norte-americano John Steinbeck (Pulitzer, em 1940, e Nobel de Literatura, em 1962) partiu em uma viagem de carro pelos Estados Unidos na companhia do seu poodle francês, Charley, e transformou essa experiência num livro marcante. A viagem começou em Long Island, Nova Iorque, e seguiu passando pelo vale de Salinas, na Califórnia, Texas, até voltar a Nova York. Foram quase cerca de 16.000 quilômetros rodados. A ideia era redescobrir o seu país e a essência do seu povo.

A Estrada para Oxiana, de Robert Byron

O livro do escritor britânico é simplesmente um clássico da literatura de viagens! Em 1933, Robert Byron embarcou numa viagem pelo Médio Oriente passando por Beirute, Jerusalém, Bagdá e Teerã, com destino a Oxiana, região do rio Oxus (antigo nome do Amu Dária), fronteira entre o Afeganistão e países da ex-União Soviética. São aventuras e impressões narradas com maestria sobre lugares pouco visitados e muito singulares.

Na Patagônia, de Bruce Chatwin 

Outro clássico da literatura de viagens, lançado em 1977, o livro mergulha nas paisagens, histórias e particularidades da Patagônia, um território tão cheio de mistérios e de beleza que fez com que o ex-guia turístico e jornalista inglês Bruce Chatwin fosse premiado e reconhecido como um grande escritor. São 307 páginas de relatos oriundos dos 6 meses que passou na região, resgatando também episódios históricos e a forma como seus povos habitaram ali.

Israel em Abril, de Érico Veríssimo

Érico Veríssimo fez uma investigação sobre a história dos judeus e do judaísmo durante uma viagem por Israel. O livro em forma de diário de bordo traz momentos de sua viagem na companhia da esposa Mafalda e retrata conversas e visitas que fez em vilarejos e cidades onde encontrou informações preciosas sobre o seu tema de estudo. Este não é o único livro do autor brasileiro sobre viagens. Antes, já havia escrito sobre os Estados Unidos e o México.

Sob o sol da Toscana, de Frances Mayes

Quando a escritora norte-americana Frances Mayes comprou e reformou uma casa de campo na Toscana, claro que um novo livro já estaria a caminho! Com passagens que retratam a vida simples e charmosa de uma das regiões mais bonitas e bucólicas da Itália, o livro mistura relatos com dicas e receitas da gastronomia que a autora passou a criar ali. Também escreveu de forma inspiradora sobre vinhos e a qualidade de vida do local com raro entusiasmo.

Doze contos Peregrinos, de Gabriel Garcia Márquez

Mestre do realismo fantástico, o escritor colombiano Gabriel García Márquez reúne histórias de pessoas que estão sempre em movimento, em transição de um lugar a outro, como peregrinos latino-americanos pela Europa. São 12 contos passados em cenários como Barcelona, Genebra, Roma e Paris com temas fortes de vida cheios de dramaticidade e poesia.

Havana, de Airton Ortiz

Em 2009, o jornalista brasileiro Airton Ortiz morou em Cuba pela primeira vez, quando o país ainda vivia sob a influência de Fidel Castro. A partir dessa experiência ele escreveu o livro Havana, contando sobre as dificuldades e as alegrias do seu povo, suas manifestações artísticas e outras riquezas singulares. Em 2016, quando Fidel faleceu, Ortiz estava lá e depois de mais uma temporada de imersão na capital acrescentou algumas impressões na nova edição do livro que transmite o lado histórico do país enquanto também resgata cenas pitorescas de boemia e do cotidiano dos seus moradores.

Terramarear, de Ruy Castro e Heloisa Seixas

O casal de escritores brasileiros Ruy Castro e Heloisa Seixas assina um livro leve e divertido que também funciona como um guia turístico com dicas e roteiros peculiares por alguns dos países por onde passaram nas últimas décadas. Cultura, informação e bom humor são marcas de narrativas que relacionam os lugares com sua gastronomia, música, cinema e arquitetura. Eles escreveram sobre Paris, Veneza, Roma, Barcelona, Saint-Tropez, Berlim, Sevilha e muitos outros destinos, sempre que descobriram alago imperdível e surpreendente!

Matérias relacionadas

O MUNDO NA CABECEIRA: 8 LIVROS PARA INSPIRAR OS VIAJANTES!

Juntamos a fome com a vontade de comer e indicamos 8 livros para os apaixonados por literatura e viagens! Grandes escritores, inspirados por paisagens e culturas diversas, nos convidam como guias para nossos sentidos e imaginação.

UMA VIAGEM AOS BÁLCÃS

Nosso desejo por aqui é encontrar tudo o que nos motiva a ultrapassar barreiras e ir em busca de novos territórios e histórias para contar, como as que Eliane compartilha a seguir. Ela e o marido, Oscar Couto já conheceram alguns destinos na companhia de nossos grupos de viagem. Aqui, Eliane lembra dos Bálcãs e seus momentos mais marcantes.

UMA REFLEXÃO SOBRE O NOSSO TEMPO NO MUNDO

Para encontrar inspiração com quem vive em pleno momento de maturidade, conversamos com algumas pessoas cheias de histórias que nos instigam reflexões e ideias para uma vida mais saudável, autônoma e também feliz!

Ver todos os posts

Para participar com seus relatos, fotos ou sugestões de assuntos e viagens, por favor envie um e-mail para [email protected]