PAÍSES MAIS FELIZES DO MUNDO E O QUE ELES TÊM EM COMUM

23.04.2020 em Novidades e Inspirações.
Autor do post: Priscila Esteves, publicitária e colaboradora da Donato.

Quando pensamos nos países mais felizes do mundo, algumas ideias podem surgir à mente. Por exemplo, quais pontos determinam esse sentimento na população? Existe algo em comum nessas nações que poderia inspirar outras a seguirem os mesmos passos? A fim de responder a essas perguntas, a Rede de Soluções para o Desenvolvimento Sustentável da ONU produz e divulga anualmente o Relatório Mundial da Felicidade.

São analisados mais de 150 países e seus diversos índices, como: PIB per capita, expectativa de vida, liberdade individual, generosidade, apoio social e corrupção. Outro fator de destaque é uma análise do tempo estimado para alcançar os ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável), já que essa é uma preocupação relevante para a geração atual.

Considerando o relatório do último ano, mostramos aqui os destaques e algumas das razões para essa felicidade duradoura!

Países nórdicos

Desde que a iniciativa foi criada, em 2012, os países nórdicos mantêm posições admiráveis no top 10. Segundo esse estudo, Finlândia, Dinamarca, Noruega, Suécia e Islândia compartilham fatores-chave para explicar a qualidade de vida nessa região: uma maior confiança pessoal e institucional e a baixa corrupção governamental. Além disso, a pequena população e a homogeneidade nesses países refletem no nível de felicidade, que perdura mesmo durante o severo inverno.

países mais felizes do mundo noruega escandinávia
Fiordes da Noruega

Holanda

Subindo posições recentemente, a Holanda oferece um ambiente favorável e uma qualidade de vida excepcional. A terra dos moinhos de ventos e das tulipas promove alguns sentimentos importantes na população: uma verdadeira conexão social, assim como um equilíbrio entre vida profissional e pessoal. Uma informação interessante trazida pelo relatório é que os holandeses são mais felizes nas áreas rurais do que nas urbanas, similarmente a outros países europeus.

países mais felizes do mundo holanda
Moinhos de vento em Kinderdijk, Holanda

Suíça

Apesar de ter caído no ranking, a Suíça ainda é exemplo de felicidade — e os altos níveis de serotonina são explicados não apenas pelo famoso chocolate suíço! Ela se destaca atualmente por suas redes de apoio social, liberdade de escolha, generosidade, expectativa de vida e PIB per capita, esse último com um índice particularmente alto. Quanto à sustentabilidade, o país também apresenta pontos positivos com o uso de energias renováveis e vastos espaços verdes.

países mais felizes do mundo suíça
Zurique, a cidade mais populosa da Suíça

Nova Zelândia

Os kiwis — apelido dos neozelandeses em referência ao pássaro que é símbolo nacional — também se sentem bastante felizes. Por lá, os quesitos são igualmente altos quando se trata de suporte social, expectativa de vida saudável, liberdade, generosidade e ausência de corrupção. A Nova Zelândia é uma das poucas nações nas primeiras colocações que não fazem parte da Europa e, inclusive, está à frente do seu vizinho na Oceania, a Austrália.

países mais felizes do mundo nova zelândia
Cidade de Christchurch, Nova Zelândia

Canadá

O único país do continente americano presente no top 10 desse estudo é o Canadá, e há boas razões para ele se destacar mundialmente! Os canadenses se dizem satisfeitos com as boas condições de saúde, renda, segurança, aceitação racial independentemente do contexto e os fortes laços sociais. Não é à toa que o país é conhecido por ser amigável, uma vez que o bom relacionamento entre familiares, amigos e colegas de trabalho é comprovadamente responsável por manter essa população feliz.

países mais felizes do mundo canadá
Cidade de Victoria, no Canadá

Áustria

Quando o ranking de países mais felizes do mundo foi criado, a Áustria ainda não fazia parte dos 10 primeiros. A realidade mudou nos últimos anos, especialmente em virtude da alta expectativa de vida, do PIB per capita e da igualdade social. Algumas outras razões para aumentar a felicidade dos austríacos são as boas condições de moradia, segurança, educação e qualidade do meio ambiente — aliás, já reparou como as paisagens naturais são preservadas e exuberantes no país?

países mais felizes do mundo áustria
Dürnstein, município na Áustria

Se acaso estiver se perguntando qual posição o Brasil ocupa no ranking, o estudo mais recente nos colocou em 32º lugar. É verdade que ainda temos muito a aprender com outras nações e a qualidade de vida que oferecem a seus habitantes. No entanto, vale lembrar que esse novo momento que vivemos traz expectativas de uma realidade mais consciente e sustentável quando as fronteiras se reabrirem!

 

Outros assuntos que podem te interessar:

Relatórios Mundiais da Felicidade desde 2012 (em inglês)

Por que viajar traz tanta felicidade?

12 leituras sobre felicidade para uma vida mais plena

 

Playlist no Spotify:

Felicidade é só questão de ser

 

Matérias relacionadas

POR QUE VIAJAR TRAZ TANTA FELICIDADE?

Se você é um viajante, sabe bem do que estamos falando. Conhecer lugares novos desperta em nós uma felicidade repentina que muitas vezes se inicia no momento em que escolhemos o destino da próxima aventura.

ADMIRÁVEL MUNDO SEMPRE NOVO

Um casal, 42 anos de viagens e muitos destinos explorados! Essa é a história de Augusto e Lygia, viajantes sempre com novos rumos e experiências. Desde o início foi assim… primeiro o Brasil como um imenso e diverso território a ser descoberto.

NEM A RAIVA DIMINUI OS EFEITOS POSITIVOS DA FELICIDADE

A raiva, o desprezo e a tristeza são capazes de trazer malefícios ao organismo? E a felicidade, a autoconfiança e a disposição influenciam de fato positivamente? Pesquisadores franceses mostram que os sentimentos positivos estão associados, sim, à longevidade e os negativos não parecem ser um fator de risco à vida.

Ver todos os posts

Para participar com seus relatos, fotos ou sugestões de assuntos e viagens, por favor envie um e-mail para [email protected]