7 FILMES PARA MERGULHAR NA CULTURA ESPANHOLA

28.11.2018 em Novidades e Inspirações.
Autor do post: Priscila Esteves, publicitária e colaboradora da Donato.

Inspirados pelas cidades apaixonantes do Sul da Espanha, que nos esperam em março de 2019, já começamos a viajar sem sair de casa. O país é um grande caldeirão de culturas e encontra em suas tradições uma maneira simples e autêntica de viver. A Espanha tem muita história para contar!

Aqui, compartilhamos 7 dicas de filmes que retratam a alma do país e seu passado, dirigidos e interpretados por grandes representantes do cinema espanhol.

Flamenco (1995) e Flamenco, flamenco (2010)

O cineasta Carlos Saura é responsável por esses dois documentários dedicados ao estilo de música e dança mais popular da Espanha. Em Flamenco, filme de 1995, entendemos a riqueza de influências por trás desse ritmo, que envolve cantos gregorianos, lamentos judaicos, melodias iranianas e romanas, entre outros. Depois de quinze anos, o diretor volta a olhar para o tema em Flamenco, flamenco, filme de 2010, documentando as mudanças ocorridas nesse período. A vivacidade dos passos, do canto e da melodia envolvente torna o flamenco uma joia da Andaluzia.

Assista ao primeiro documentário no Youtube, clicando aqui. E ao trailer do segundo documentário aqui.

Carmen (1983)

Também dirigido por Saura, o drama Carmen, de 1983, foi indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro na edição de 1984. A história tem como pano de fundo a Espanha dos anos 80 e trata de um grupo de dançarinos flamencos que prepara uma versão da ópera “Carmen”, do compositor francês Georges Bizet. É regida pela emoção ao mostrar como os sentimentos de amor, ciúme, ódio e tragédia, presentes na peça, transformam a vida dos próprios dançarinos. O filme ainda recebeu o Prêmio de Melhor Contribuição Artística no Festival de Cannes de 1983.

Assista ao trailer aqui.

A Língua das Mariposas (1999)

Para mergulhar na história da década de 30, o filme de 1999 A Língua das Mariposas, de José Luis Cuerda, mostra a Guerra Civil Espanhola sob a perspectiva de uma criança. Às vésperas de seu primeiro dia de aula, Moncho se vê aterrorizado com os acontecimentos que tomam conta do país. Mas ao contrário de medo e violência, ele encontra no professor uma relação de respeito e total encanto. É uma reflexão sobre o papel do ensino nesse contexto histórico e como ele pode abrir um mundo novo às crianças, além das dificuldades vividas pelo educador ao incentivar a liberdade de pensamento.

Assista ao filme no Youtube aqui.

Volver (2006)

O premiado cineasta espanhol Pedro Almodóvar explora em Volver, filme de 2006, o universo feminino e questões familiares complexas de uma forma que só ele consegue fazer. A personagem principal, interpretada por Penélope Cruz, precisa retornar à sua terra natal e enfrentar o passado após um incêndio que mata seus pais, enquanto vive ainda outras dificuldades na criação da sua filha. É um filme sobre perdão, sobre as relações maternais – mas além disso, também traz referências interessantes da culinária espanhola.

Assista ao trailer aqui.

As Sombras de Goya (2006)

O tcheco Miloš Forman dirigiu essa história sobre o importante pintor espanhol do século XVIII Francisco de Goya, que tem sua musa inspiradora presa pela Inquisição sob a falsa acusação de heresia. Nem as intervenções de um influente frei conseguem evitar que ela seja martirizada, acontecimento que nunca é esquecido pelo pintor. Esses personagens e a época turbulenta em que viveram, entretanto, alimentam a pintura de Goya, que segue com sua sensibilidade para retratar outros momentos da história espanhola, como a invasão das tropas francesas ao país. O filme As Sombras de Goya, de 2006, tem interpretações notáveis de Stellan Skarsgård, Javier Bardem e Natalie Portman.

Assista ao trailer aqui.

Oito Sobrenomes Bascos (2014)

A diversidade cultural espanhola também pode ser tema de comédias, como Oito Sobrenomes Bascos, filme de 2014, dirigido por Emilio Martinez-Lazaro. Um jovem de Sevilha, no Sul da Espanha, se apaixona por uma garota do País Basco e viaja para encontrá-la na aldeia onde vive. No norte do país, os bascos têm costumes muito particulares e separatistas, então para conquistar a família da amada, ele precisa se passar por um local. Esconde o sotaque e jura ter uma série de sobrenomes bascos para ganhar a confiança do pai dela. O filme, que foi o mais visto da história do cinema espanhol, conta com piadas regionais e trata de forma bem humorada os estereótipos das duas regiões espanholas.

Assista ao filme disponível na Netflix aqui.

 

+ Conheça nosso roteiro para o Sul da Espanha

 

 

Matérias relacionadas

O MUNDO NA CABECEIRA: 8 LIVROS PARA INSPIRAR OS VIAJANTES!

Juntamos a fome com a vontade de comer e indicamos 8 livros para os apaixonados por literatura e viagens! Grandes escritores, inspirados por paisagens e culturas diversas, nos convidam como guias para nossos sentidos e imaginação.

COMER, BEBER E AMAR NO SUL DA ESPANHA

O sul da Espanha é como um daqueles amores que não dá para esquecer. Essa terra de sol radiante é intensa em cada sensação, do paladar ao coração, tudo é repleto de história e autenticidade. Agora, começamos a viajar por suas cidades e a imaginar o quanto cada uma delas têm de precioso.

VIAGEM E LITERATURA: MAIS 8 LIVROS IMPERDÍVEIS PARA CONHECER O MUNDO

Viagens e Literatura: duas paixões que costumam andar de mãos dadas! Aqui, indicamos mais 8 livros para quem ama ler e viajar, se aventurando com o imaginário por alguns lugares do mundo descritos com a poesia e o primor de grandes escritores.

Ver todos os posts

Para participar com seus relatos, fotos ou sugestões de assuntos e viagens, por favor envie um e-mail para [email protected]