Grupos Acompanhados

Armênia e Geórgia — 2020

Uma jornada repleta de ancestralidade e beleza é o que nos reservam Armênia e Geórgia. As nações foram presenteadas com uma localização privilegiada no Cáucaso, entre a Europa e a Ásia. Com montanhas a perder de vista, florestas verdejantes e lagos cristalinos, suas paisagens guardam uma história milenar fascinante.

Ali, tudo evoca o passado. Começando por Tbilisi, a capital georgiana que mantém viva uma das línguas mais antigas do mundo. Suas fortalezas, seus templos e monastérios medievais são herança de uma cultura rica e potente. Visitar Narikala, a “Fortaleza Impenetrável,” e a Igreja da Trindade Gergeti é sentir um pouco da espiritualidade que é tão intrínseca a esse povo.

Poucos imaginam que a Geórgia é também berço de uma paixão mundial, os vinhos. E se orgulha em manter a tradição para produzir a bebida, fermentada em grandes vasos de barro, os Qvevri, como era há oito mil anos. Seguimos provando outras iguarias em Yerevan, entre elas, os deliciosos pães sem fermento e o famoso conhaque armênio.

No país que viu nascer o cristianismo, é constante a lembrança de cenários bíblicos como o Monte Ararat, que serve de pano de fundo para construções estonteantes como o Monastério de Khor Virap. Mas nem só de religião é feita a Armênia, e há muito o que se explorar por lá. O país abriga um dos maiores lagos alpinos do mundo, o Lago Sevan, além de promover um precioso encontro com os costumes locais em seus mercados ao ar livre e bairros boêmios.

Se por um lado Armênia e Geórgia têm suas particularidades, por outro, compartilham da mesma essência. As ex repúblicas-soviéticas são um exemplo admirável de otimismo e resiliência. Com o olhar para o futuro sem esquecer o valor de sua história, elas provam que a beleza dessa terra está na simplicidade. E especialmente na hospitalidade de seus povos, que carregam em sua alma a alegria da vida!

USD 3910

Preço terrestre por pessoa em apto duplo.

Suplemento acomodação individual: USD 1284

13 dias
Data da Viagem

23 de abril a 06 de maio

Cidades Principais

Gori, Khor Virap, Mtskheta, Noravank, Sevan, Signagi, Tbilisi, Yerevan





Solicite Atendimento
23
de abril

São Paulo

Apresentação no Aeroporto Internacional de Guarulhos às 23h30.

24
de abril

São Paulo Doha

Nas primeiras horas do dia 24 de abril embarque em voo com destino a Doha. Chegando em Doha, hospedagem no hotel do aeroporto para descanso.

25
de abril

Doha Chegada em Tbilisi

Pela manhã embarque em voo com destino a Tbilisi. Chegada na Capital da Geórgia seguida de traslado para almoço em restaurante local (incluído). Em seguida traslado para acomodação no Rooms Hotel Tbilisi, ou similar.

A cidade é extraordinária pela sua história turbulenta, além de uma elegante e excepcional arquitetura. Em uma rápida caminhada é possível encontrar igrejas ortodoxas georgianas, gregorianas armênias e católicas romanas. Fundada no século 5, Tbilisi é uma cidade multiétnica, multicultural e multirreligiosa, influenciada por europeus e asiáticos e que atrai turistas do mundo todo, em busca dessa atmosfera viva e de seu charme fascinante.

26
de abril

Tbilisi

Café da manhã no hotel, em seguida passeio panorâmico pela cidade. Durante nossa visita conheceremos a Igreja Metekhi, que foi construída no século 13 e está as margens do Rio Kura, e de teleférico subiremos até a fortaleza Narikala, que significa "Fortaleza Impenetrável". Construída no século 4, é considerada um dos símbolos de Tbilisi, sendo possível avistá-la de vários pontos da cidade. Passearemos pelas pequenas ruas de Tbilisi, passando pelo último caravanserai de Tbilisi, datado do século 18, utilizado pelos viajantes da antiga rota da seda como parada para descanso, Catedral Sioni inicialmente construída no século 7, a antiga sinagoga e a basílica Anchiskhati datada do século 6 e considerada a mais antiga da cidade. Faremos uma pausa para almoço em restaurante local (incluído). Após o almoço, visitaremos o Museu Nacional da Geórgia.

Noite livre.

27
de abril

Tbilisi Gori Mtskheta

Após o café da manhã, seguiremos a noroeste do país em diração a Gori, conhecida por ser a cidade natal de Josef (Iosif) Vissarionovitch, mais conhecido com Stalin, que significa “homem de aço” em russo (1879-1953), foi um político, revolucionário comunista e ditador antifascista. Governou a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS) e definiu os rumos do país de 1922 até a sua morte. Visitaremos o museu e a casa onde Stalin nasceu.

Seguiremos para Uplistsikhe (fortaleza do senhor), que é um complexo todo construído na rocha (século 1 a.C), com templos, passagens e túneis que mesclam o período helenístico com o começo da era cristã. Almoço em restaurante local (incluído). Logo após o almoço, continuaremos a visita à Mtskheta, antiga capital do reino Kartli-Iberia conhecida como o centro político e cultural da época. Lá, conheceremos o monastério Jvari, que foi concluído no século 6, de onde é possível ter uma bela vista da cidade margeada pelo Rio Kura, e também a catedral Svetitskhoveli do século 11 (ambos declarados Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO).

Noite livre.

28
de abril

Tbilisi

Café da manhã no hotel seguido de passeio a Kazbegi, cidade localizada ao norte da Geórgia. Seguiremos nosso percurso pela Rodovia Militar da Geórgia, uma antiga e muito importante rodovia que liga os países do Cáucaso ao território russo. Faremos uma parada para visitar o Complexo Ananuri, construído entre os séculos 16 e 17, está as margens do Rio Aragvi e inclui um castelo, a torre do sino, três igrejas além de impressionantes paredes esculpidas, uma verdadeira obra de arte!

Chegando em Kazbegi, usaremos um veículo 4x4 para para visitar à Igreja da Trindade Gergeti que está localizada a 2180 metros acima do nível do mar e de onde é possível ter uma vista espetacular do Monte Kazbegi. Também teremos a oportunidade de visitar a casa de uma família local e participar de uma aula de culinária, onde aprenderemos a preparação de um prato local. Ao fim da aula almoçaremos no mesmo local (incluído).

Noite livre.

29
de abril

Tbilisi Signagi

Em horário apropriado, sairemos para passeio pela região leste da Geórgia. Vamos viajar pela Gombori Pass, uma rodovia a mais de 1900 metros acima do nível do mar, que oferece paisagens belíssimas e em alguns trechos é coberta por um corredor natural formado pela copa das árvores.

Nossa primeira parada será na Catedral Ortodoxa de Alaverdi, um dos exemplos remanescentes de arquitetura medieval georgiana. Foi construída no início do século 11, já enfrentou invasões e até terremotos, e apesar de ter sido modificada durante as reconstruções, ainda guarda muito da construção e do estilo arquitetônico original. Em seguida participaremos de um workshop sobre a produção de vinho, da chacha (licor tradicional) e do Qvevri (declarado Patrimônio Cultural Intangível da Humanidade pela UNESCO), que se trata de um recipiente de barro utilizado na fermentação, armazenamento e envelhecimento do vinho. Em uma vinícola local faremos degustação dos vinhos e da chacha, que é feita a partir das sobras das uvas usadas durante o processo de fabricação do vinho, seguido de almoço (incluído).

Após almoço, seguiremos para Signagi, cidade cercada por um muro com 23 torres construídas no século 18 pelo rei Erekle II. A cidade tinha muitos portões pelos quais a Geórgia estava conectada à Europa e Ásia por diversas rotas comerciais. Caminhe pelas ruelas e aprecie a bela vista do vale Alazani. Também visitaremos o Convento Bodbe, que foi construído sobre o túmulo da Santa Nino, que dedicou a vida para pregar o cristianismo e hoje é uma das grandes figuras religiosas da Geórgia.

Retorno para o hotel e jantar de despedida em restaurante local (incluído).

30
de abril

Tbilisi Sevan Yerevan

Café da manhã no hotel. Hoje partiremos rumo a Sadakhlo, cidade georgiana que faz fronteira com a Armênia. Chegando lá, após os trâmites de imigração, trocaremos de guia e carro e seguiremos até a bela Lori localizada no norte da Armênia. Almoço em restaurante local (incluído).

Seguiremos para visitar o Mosteiro Medieval Haghpat, construído entre os séculos 10 e 13, é considerado Patrimônio Mundial pela UNESCO. Também conheceremos o segundo maior lago alpino do mundo, conhecido como a "Pérola da Armênia", o Lago Sevan encontra-se a aproximadamente 1900 metros de altitude, está a poucos minutos do Mosteiro Sevanavanq, nossa próxima visita. Ele é datado do século 4 e foi restaurado na década de 90 e hoje é um dos principais símbolos da cultura armênia. Do mosteiro é possível ter uma vista previlegiada para o lago e toda a região.

No fim do dia chegada em Yerevan e acomodação no hotel Hyatt Place Yerevan, ou similar. Noite livre.

01
de maio

Yerevan

Após café da manhã, sairemos para passeio por Yerevan. Conheceremos a Praça da República, localizada na região central da cidade e um dos pontos mais visitados: o Centro de Artes Cafesjian, dedicado a divulgação da arte contemporânea com destaque para "Cascade", uma grande escadaria ornamentada e decorada, em frente ao Parque Alexander Tamanyan. Também passaremos pela Rua Abovyan, uma rua arborizada e boêmia, com lojas comerciais, bares e restaurantes. Visitaremos o Matenadaran, um instituto científico e museu que abriga uma extraordinária coleção de manuscritos antigos armênios e também de outros países. São cerca de 23.000 documentos arquivados no museu, nas mais variadas línguas. Faremos uma pausa para almoço em restaurante local (incluído). Após o almoço visitaremos o monumento dedicado às vítimas do genocídio ocorrido em 1915, conhecido como Tsitsernakaberd, que está localizado no mesmo local do Museu do Genocídio.

Tempo livre para compras. Retorno ao hotel e noite livre.

02
de maio

Yerevan

Café da manhã e saída para passeio em Echmiatsin, onde visitaremos duas catedrais consideradas Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO. Nossa primeira parada será na Catedral de Echmiatsin, que é o centro espiritual de todos os armênios, a residência dos católicos e uma das primeiras igrejas cristãs do mundo, construída em 303 d.C. Durante essa visita conheceremos um pouco mais sobre os primeiros anos da história cristã na Armênia. Logo em seguida, conheceremos as ruínas da Catedral de Zvartnots. Uma das obras eclesiáticas mais extraordinárias, construída durante o século 7, porém destruída no século 10. Os remanescentes da construção original ainda estão preservados. Almoçaremos em restaurante local (incluído) e seguiremos para a última visita do dia: Vernissage, o famoso mercado ao ar livre, localizado no centro de Yerevan. Lá é possível encontrar souvenirs, artesanato, objetos antigos e outros itens.

Noite livre.

03
de maio

Yerevan Khor Virap Noravank

Após café da manhã, seguiremos até o sul do país para conhecer o Monastério de Khor Virap, cartão postal do país, é considerado o berço do cristianismo armênio. Foi lá que o primeiro católico do país, Gregório, O Iluminador, ficou encarcerado em um poço por 13 anos por pregar o cristianismo, que àquela época era considerado uma religião pagã. De lá é possível ter uma vista impressionante do Monte Ararat (5137 metros de altitude), que já não fica mais na Armênia, mas no país vizinho, Turquia. Os armênios perderam a montanha e parte do território durante as invasões dos turcos. Hoje, a fronteira entre os dois países é fechada. Apesar das disputas, continua sendo um cenário bíblico, é onde, segundo o livro Gênesis da Bíblia, a Arca de Noé descansou após o dilúvio.

Seguiremos para o Monastério de Noravank, situado sobre as pedras vermelhas do cânion Gnishik. Foi construído no século 13 e é composto por três igrejas. O arquiteto Momik que projetou o complexo foi cremado e teve suas cinzas depositadas no solo da igreja. Após o almoço em restaurante local (incluído), retorno ao hotel, aprecie a bela paisagem composta por montanhas maravilhosas, cânions semidesérticos e o frutífero vale do Ararat.

Noite livre.

04
de maio

Yerevan

Em horário apropriado, sairemos para visita ao Mosteiro Geghard (mais um Patrimônio Mundial declarado pela UNESCO), que começou a ser erguido no século 4 mas só foi concluído no século 13 e tem parte da sua estrutura esculpida diretamente na pedra. O complexo é constituído por uma catedral principal e algumas igrejas e capelas menores construídas em pedra. Lá, assistiremos a um show de música medieval.

Prosseguiremos até o Templo Pagão Garni, construído no primeiro século depois de Cristo e dedicado a Mitra, o Deus-Sol. Vamos continuar a visita de carro pelo desfiladeiro de Garni, onde acompanharemos um típico banho em estilo romano e veremos a maravilha geológica conhecida como A Sinfonia das Pedras. Após essa visita, visitaremos a casa de uma família local onde aprenderemos o processo de preparação do Lavash (Patrimônio Cultural Intangível da Humanidade declarado pela UNESCO), um típico pão armênio sem fermento, seguido de almoço (incluído).

Retorno para Yerevan e visita à fábrica de conhaque, onde participaremos de degustação dessa que é a bebida símbolo do país. À noite, jantar em restaurante local (incluído).

05
de maio

Yerevan

Café da manhã no hotel e em seguida saída para passeio pela cidade. Visitaremos a igreja de São Gregório, o Iluminador, que foi construída por iniciativa de todos os Católicos Armênios Vazgen I e foi dedicada ao 1700º aniversário da adoção do cristianismo na Armênia. Também visitaremos o mercado de frutas e a Mesquita Azul datada do século 18 e uma das estruturas mais antigas no centro de Yerevan e a estrutura mais significativa do período iraniano. Foi a maior das oito mesquitas de Yerevan no século 19 e hoje é a única mesquita ativa na Armênia. Almoço em restaurante local (incluído) e retorno ao hotel.

À noite traslado para o aeroporto.

06
de maio

Yerevan São Paulo

Nas primeiras horas do dia 06 de maio embarque em voo com destino a São Paulo, fazendo conexão em Doha.

Chegada em São Paulo no mesmo dia.

SOLICITE ATENDIMENTO

Se você se interessou por esta viagem e quer saber mais detalhes,
preencha o formulário abaixo. Entraremos em contato em breve!

Próximas Viagens

Grupos Acompanhados

Dez
8 dias

Réveillon em Carmelo

Dez
8 dias

Tivoli Praia do Forte

Nenhum destino do seu interesse?