IOGA EM CASA — AS MELHORES PRÁTICAS PARA A MATURIDADE

07.05.2020 em Novidades e Inspirações.
Autor do post: Priscila Esteves, publicitária e colaboradora da Donato.

alHoje, mais do que nunca, praticar ioga em casa pode ser um poderoso aliado para traçar dias mais tranquilos e de conforto emocional e físico. Sabemos que muitas pessoas ainda enxergam o ioga como algo distante, que exige movimentos mirabolantes ou que é direcionado apenas para jovens — o que não é verdade. Por isso, desmistificar essa filosofia, seus conceitos e limitações é o primeiro passo rumo a uma vida mais plena de corpo e alma.

Conversamos com a instrutora de ioga Ana Paula Brasil*, que contou dicas preciosas para quem pretende começar essa prática no lar com segurança e bem-estar, em todas as idades.

Impactos positivos na saúde mental e corporal

Entender o propósito do ioga é um guia para os grandes benefícios que ele pode trazer. Originado na Índia, o conceito se refere às tradicionais disciplinas físicas e práticas meditativas que incentivam uma ligação com nossa essência e com todo nosso redor. De acordo com Ana Paula, o ioga pode nos ajudar a trazer paz de espírito nesse momento delicado que vivemos. Isso porque, ao mesmo tempo em que as técnicas nos colocam em contato com o momento presente, elas também abrem um espaço de conexão para que possamos manter um equilíbrio de dentro pra fora.

ioga para a terceira idade Foto de Keren Perez, no Unsplash

Já que as circunstâncias externas não podem ser alteradas, cabe a nós fazermos o que está ao nosso alcance para nos sentirmos bem. O ioga pode ajudar através de mecanismos que nos trazem sensação de plenitude, tranquilizam nossas emoções e reduzem a ansiedade. A ideia é focar nossa atenção não nos problemas do cotidiano, mas no que podemos fazer para melhorar nossa rotina dentro da situação atual.

Esse olhar — que ela garante que todos têm capacidade de desenvolver — irá abrir um espaço de maior consciência sobre nós mesmos e nossa realidade. Cada um pode enxergar o que fazer em prol do seu bem-estar e o da sua família. Afinal, são pequenas atitudes diárias que estão ao alcance de todos para que possamos atravessar momentos delicados com mais serenidade. Aliás, ela ressalta que o ioga é uma prática integrada: as partes física, emocional e mental sempre caminham juntas.

Ioga em casa: como se preparar

Ana Paula afirma que a prática do ioga dentro do lar é possível, tanto para quem já tem experiência quanto para os novatos. Com alguns cuidados, é claro, pois a ambientação é muito importante. Quem está acostumado a ir a alguma escola de ioga já deve estar familiarizado com o ambiente, que é cuidadosamente preparado para facilitar o estado de concentração.

Para replicar dentro da própria casa, é preciso se organizar junto a quem mora com você e vale até convidar os familiares para praticarem juntos! Em primeiro lugar, busque um cômodo adequado e sem muita movimentação ou interrupções de som. Estenda seu tapete no chão, e caso não tenha um, uma toalha ou manta mais grossa são fáceis alternativas para essa finalidade.

ioga na maturidade Foto de Keren Perez, no Unsplash

Então, pense na melhor ambientação. Algumas pessoas colocam uma música que facilite a sensação de conexão, outras acendem um incenso ou optam por odorizadores de ambiente com algum óleo essencial. Não há regras, só pense naquilo que irá proporcionar uma atmosfera agradável para você! Outras dicas interessantes são se alimentar no máximo uma hora antes com uma refeição leve, usar roupas confortáveis e deixar a janela aberta para o ar circular.

O segundo passo é buscar referências da prática de ioga na internet. O instituto InYoga, onde Ana Paula é instrutora, disponibiliza uma série de conteúdos detalhados. Mas também existem diversos outros profissionais qualificados para isso. Aos que quiserem conhecer a fundo os ensinamentos do InYoga Online, basta acessar o site clicando aqui e o Instagram clicando aqui. No Instagram, eles promovem aulas ao vivo gratuitas durante a quarentena, enquanto no site propõem um plano mais completo (e acessível) para diferentes níveis de praticantes.

Além disso, é ideal manter uma frequência para o corpo não se esquecer — aos iniciantes, ela recomenda um intervalo entre as aulas de um ou dois dias. Com essa disciplina, futuramente será possível praticar todos os dias sem contraindicações!

Uma prática para todas as idades

É comprovado que o ioga traz benefícios independentemente da faixa etária, ou seja, nunca é tarde para começar. Em relação à prática pelos mais maduros, Ana Paula reforça os mesmos cuidados que qualquer principiante deve ter ao encontrar as técnicas mais adequadas à realidade de cada um. Por exemplo, aqueles que têm alguma limitação física, dores ou problemas cardiovasculares merecem atenção. Isso não significa que o ioga não seja para eles, apenas é necessário escolher os exercícios corretos.

Então, antes de querer fazer vários movimentos corporais complexos, foque no interior. Técnicas de relaxamento, meditação, alongamento e, acima de tudo, respiração são fundamentos essenciais. Para ter um norte, busque orientações de profissionais capacitados e siga essas instruções — sempre respeitando o seu tempo — para evitar se machucar. O fato de ser iniciante ou ter alguma condição de saúde também deve influenciar na procura por materiais específicos para seu nível.

ioga em casa

No caso do InYoga Online, o plano mensal atende a diferentes praticantes e ainda tem a facilidade de poder pausar os vídeos, já que são gravados (diferente das transmissões ao vivo, que ficam disponíveis no Instagram por 24h). Para quem quer uma segurança a mais, pode optar pelo serviço de aulas com acompanhamento. Através de um aplicativo, o professor estará assistindo a todos os seus movimentos e irá orientá-los em tempo real. Essa é a forma que mais se aproxima das aulas presenciais, uma alternativa para os tempos de quarentena.

Considerações finais

Por fim, Ana Paula deixa algumas dicas valiosas para quem pretende começar agora. Entenda que o ioga é uma prática de conexão, isto é, não é um pré-requisito desenvolver grandes habilidades, como colocar os pés na cabeça. Para que você tire os melhores benefícios, observe e respeite seu corpo, começando por aulas mais simples e alinhadas ao seu perfil.

Esteja atento às emoções e tenha paciência porque a evolução é gradativa em todos os aspectos: adquirir força, equilíbrio e alongamento. Tente criar uma rotina de exercícios sua e não se cobre tanto, uma vez que a prática do ioga não precisa ser perfeita. Foque em sensações boas no seu interior, assim o bem-estar emocional e físico será consequência!

* Sobre a instrutora:

instrutora de ioga Ana Paula Brasil

Ana Paula Brasil é bacharel em Comunicação com habilitação em Jornalismo e graduada também em Artes Cênicas – Interpretação Teatral, ambas pela UFBA. Descobriu o ioga em 2008 e se conectou instantaneamente com a prática, desde então a incorpora a todas as áreas da sua vida. Em 2012, estudou Atuação e Direção para Cinema no Instituto Stanislavsky (LA FILM), onde aprofundou a sua pesquisa sobre a aplicação do ioga na preparação e trabalho do ator. Em 2015, tornou-se co-fundadora da sede do InYoga em São Paulo, onde atualmente promove cursos de aprofundamento e formação em ioga, vivências e ministra práticas regulares ao lado dos mestres Dragos Calin e Norberval Cruz.

 

Para começar a praticar:

Conheça o plano InYoga Online, com aulas gravadas para assistir quando quiser e de acordo com o seu nível

Siga o Instagram do InYoga Brasil, onde são transmitidas as aulas ao vivo todas as 2ª, 4ª e 6ª feiras

Leia mais dicas práticas de ioga e reflexões que a Ana Paula Brasil compartilha em seu blog

Acompanhe as descobertas da instrutora Ana Paula também em seu perfil pessoal no Instagram

 

Se você se interessa por bem-estar na maturidade, ioga e espiritualidade, também vai gostar de ler:

Meu Tempo No Mundo — o espelho da alma

Meu Tempo No Mundo — felicidade e novas motivações

5 destinos para renovar as energias e buscar a espiritualidade

 

Matérias relacionadas

LONGEVIDADE EM DIA: AS MELHORES ATIVIDADES PARA A MATURIDADE

Se cuidar da saúde sempre foi importante, na fase mais madura da vida os cuidados não precisam ser redobrados, apenas focados naquilo que o corpo mais precisa. Basta consultar um bom profissional da área de saúde para entender como alcançar benefícios e prevenção com certas atividades físicas, e saber como elas garantem qualidade de vida e longevidade.

PARA ALCANÇAR O EQUILÍBRIO DE CORPO E ALMA

Com tantos compromissos, prazos e tensões do dia a dia, é fácil sentir os efeitos do estresse em nosso corpo e mente. Para conduzir seus pacientes a uma vida mais longeva e feliz, a Dra. Silvia Lagrotta desenvolveu o programa Take Care BR, baseado na Medicina do Estilo de Vida.

LIVRES PARA CAMINHAR: DICAS PARA MANTER OS PÉS SEM DOR

Para aproveitar plenamente uma viagem, seja ela com muita ou pouca caminhada, reunimos dicas de saúde para os pés, pensando em evitar dores e desconfortos que podem desconcentrar o viajante. Entrevistamos o Dr. Thiago Bittencourt que nos trouxe informações valiosas e soluções simples que podem ser aplicadas em qualquer lugar do mundo e a qualquer hora.

Ver todos os posts

Para participar com seus relatos, fotos ou sugestões de assuntos e viagens, por favor envie um e-mail para [email protected]