BELEZA E SENSIBILIDADE: MARROCOS

04.04.2019 em Viagens e Destinos.
Autor do post: Lila Guimarães, jornalista e colaboradora da Donato.

Quem nunca ouviu dizer que no Marrocos o mundo parece ter outras cores além de todas as que conhecemos também pelas obras de arte? Aliás, a arte está por todo canto, em cada esquina, em cada monumento arquitetônico das suas históricas medinas, nos tecidos estampados e também na rica gastronomia. Tudo é um convite para ver a vida com entusiasmo.

No Marrocos, o verbo de lei é mergulhar, fundo, e se envolver com a sua cultura ancestral em um universo estético reconhecidamente peculiar, e cinematográfico. Casablanca, Lawrence da Arábia, A Múmia, O Gladiador, Bebel, Indiana Jones, Game of Thrones são apenas algumas das milhares de produções estrangeiras que buscam nas paisagens do país os cenários perfeitos para suas histórias. É exatamente por isso que é preciso ir ao Marrocos de corpo, alma e com todos os sentidos abertos!

Se é impossível resistir ao charme do país, por tantos motivos, juntamos aqui pelo menos algumas chances de tocar em toda beleza e sensibilidade da história e do povo marroquino.

NOVOS SABORES

Tradição em todo país, o chá de menta marroquino é servido depois de toda refeição, é um excelente digestivo, aromático e serve como mais um bom motivo para que a conversa à mesa se estenda. O chá é um símbolo de hospitalidade, um ritual que muitos acabam trazendo na bagagem para sempre.

Frutas e especiarias são muito comuns nos temperos da culinária marroquina. Carne de cordeiro, grãos, pães artesanais e pratos com sabores marcantes denotam a mistura de influências culturais do país. Uma oportunidade de conhecer mais profundamente o Marrocos é descobrindo truques da sua cozinha. Em outubro, o grupo que parte com a Donato num roteiro especial pelo país vai participar de uma oficina de culinária marroquina em Marrakech (leiam detalhes da viagem clicando aqui).

NOVOS AROMAS

Canela, açafrão, chás, pimentas, páprica, cominho, noz-moscada, sementes de coentro, anis, gengibre, cardamomo. A lista de especiarias locais é interminável, colorindo e aromatizando as cidades em volta de seus mercados (os souks) ou nas lojas especializadas chamadas herboristeries. Nesses estabelecimentos também são vendidos incensos, óleos essenciais e perfumes sólidos carregados dos aromas locais. Os perfumes, para quem gosta, são uma ótima forma de ter a experiência gravada na pele por muito tempo ainda depois da viagem, e também para presentear alguém querido.

NOVAS TEXTURAS E CORES

Tapetes e tecidos dos mais lindos decoram hotéis e restaurantes e, claro, também são comuns nas casas de todo marroquino. Ou seja, para todo lado, cores e mais cores, em bordados e texturas diversas. Essas peças feitas à mão carregam história em seus traços, técnicas antigas de tapeçaria que resultam em estampas únicas e muito valorizadas. Um paraíso de cores para quem quer se inspirar ou voltar pra casa com toques que deixam os ambientes mais alegres, interessantes e ainda mais aconchegantes.

Dia e noite. Não há hora para comprar itens de decoração, moda e outros produtos da cultura marroquina. Os mercados, muitos a céu aberto, são inúmeros, como esses das fotos acima em Marrakesh. A pechincha é de praxe e as ofertas são variadas, para todos os gostos!

NOVOS OLHARES, ANTIGAS HISTÓRIAS

Sobre as mesas sempre bem postas, com louças de porcelana e outros objetos feitos à mão, é nítido o primor das cores e da estética marroquina. Isso encanta e cria um ambiente ideal para bons encontros e longas conversas que se transformam naturalmente em memórias especiais.

A arte da olaria também está espalhada pelas medinas, em prédios monumentais e religiosos, nos mosaicos das paredes, tetos, e dos pisos desses patrimônios da cultura mundial que nos remetem à grandiosa força do seu povo, e de sua História. Entre uma obra arquitetônica e outra, existe um mar de sabedoria a ser descoberto andando pelas ruas, e observando a vida real. Mas é em Fez, cidade considerada o centro espiritual e cultural do Marrocos, que fica a universidade mais antiga do mundo e a biblioteca Al-Qarawiyyin (também, a mais antiga do mundo). Basta uma visita por ali para captar a alma marroquina para nunca mais esquecer.

Fotos: Getty Images

CONHEÇAM O ROTEIRO PELO MARROCOS

 

Quer receber a proposta dessa viagem com todos os detalhes diretamente no seu e-mail?

É só preencher o formulário abaixo!


Matérias relacionadas

TODAS AS POSSIBILIDADES DE SER FELIZ NO NORTE DA ESPANHA

Entre o sagrado e o profano, tudo acontece no Norte da Espanha! Essa mistura de atmosferas e experiências encanta! Por isso, propomos uma rápida degustação de duas cidades, Santiago de Compostela e San Sebastián, que representam bem esses climas tão opostos e complementares, e por onde é possível esbarrar sim com a felicidade.

DICAS DE COMO VIAJAR MAIS EM 2019

Para quem já viajou demais ou para aqueles que ainda precisam realizar alguns sonhos antigos pelo mundo, o texto de hoje reúne dicas práticas e básicas para que em 2019 todos possam viajar mais! Afinal, a vida assim fica muito mais interessante, os dias mais coloridos e ainda temos a chance de guardar as melhores paisagens na memória!

UMA CARTA DE AMOR AOS BÁLTICOS

O relato de uma viagem aos Países Bálticos que é uma declaração de encantamento à região, escrita de lá por Roberta Donato para seus pais, dois viajantes e também apaixonados pelas riquezas do mundo.

Ver todos os posts

Para participar com seus relatos, fotos ou sugestões de assuntos e viagens, por favor envie um e-mail para [email protected]

WhatsApp Chat×
Atendimento WhatsAppx
Preencha os campos abaixo para começar o atendimento