O QUE OS SAFÁRIS NA ÁFRICA TÊM PARA NOS ENSINAR?

02.10.2019 em Viagens e Destinos.
Autor do post: Lila Guimarães, jornalista e colaboradora da Donato.

Já pararam para imaginar como é estar em plena Savana perto de um leão ou de uma manada de girafas? Quando pensamos nos safáris da África, muitas vezes, ficamos com a sensação de que aqueles animais são parte de uma paisagem fixa e imutável. Na verdade, quando pensamos assim, simplesmente desconsideramos o mais precioso desses habitats que é a sua natureza bruta, livre e que acontece como um espetáculo espontâneo e sempre único. Sempre inédito e imprevisível.

Conversando com algumas pessoas que já fizeram esses passeios, é comum que falem sobre as surpresas dos safáris. Muitas vão com o sonho de ver os “Big Five”, que são: leão, leopardo, elefante, rinoceronte e o búfalo, mas acabam se encantando também com outras espécies. Aliás, nessas reservas naturais existem cerca de 350 espécies só de aves!

Foto: Hidde Rensink, no Unsplash

Geralmente, as saídas com jipe pela Savana são acompanhadas por dois tipos de profissionais chamados de “rangers” e “trackers”. Os primeiros são especializados em biologia e falam sobre os animais e seus hábitos e os segundos são responsáveis por seguir pegadas e vestígios para que o encontro com aqueles animais aconteça de fato e de forma segura. Ali, a vida é selvagem mesmo e não tem hora nem lugar para as cenas e os personagens mais interessantes darem o ar da graça. É preciso ir atrás, descobrir por onde estão, o que deixa tudo mais intenso e misterioso.

Dependendo da hora, aquelas paisagens mudam também de cor. Ganham tons avermelhados em fim de tarde e o céu pode ficar meio lilás, por exemplo. Os primeiros raios de sol entre as árvores da vegetação local, especialmente entre os monumentais baobás, também merecem a contemplação no início de uma manhã. Por isso, há opção de visitas em horários variados: manhãs, tardes e até na madrugada.

Em maio do ano que vem, a Donato vai até a África do Sul com um grupo que ficará hospedado no Kapama Private Game Reserve, um hotel dentro de uma reserva com quatro safáris programados; dois pela manhã e dois pela tarde (leia sobre o roteiro clicando aqui!). O país é ideal para essas imersões e ainda é rico em experiências enogastronômicas!

safari fim de tardeFoto: Geran de Klerk, no Unsplash

Uma vez tendo a oportunidade de realizar um safári na África, é preciso estar com mente e coração abertos para captar com tranquilidade a dinâmica da natureza e entrar no seu ritmo. O silêncio é necessário e também uma medida de segurança para manter o ambiente sereno e não assustar os animais. Ele ajuda a tecer as relações que visitantes acabam estabelecendo com um ou outro animal no meio daquele cenário. Isso porque a beleza e a imponência dos bichos é tanta que os olhos são capturados como presas. Assim, acontecem encontros inesperados com quem vive ali e tem, de certa forma, sempre uma mensagem para passar.

Observando os animais em sua casa, caçando ou apenas dormindo, se pode aprender sobre a vida, sobre o que importa. A presença impressionante desses bichos e de seus comportamentos exclusivamente instintivos inspira o animal que habita no homem, há uma conversa entre olhares, há uma troca de energia que é impossível não sentir.

Esse calor entre seres tão diferentes pode acontecer mesmo com as distâncias estabelecidas pelas normas de segurança. Com muito respeito aos animais e ao seus espaços, os safáris têm o potencial de nos ensinar intuição e ainda mais responsabilidade pelo meio ambiente e os animais. Aproveitem uma vez na vida, pelo menos!

*crédito foto de destaque Johann S., no Unsplash

 

Leia sobre os detalhes da viagem em grupo para a África do Sul

Veja os vídeos publicados no canal do Kapama Private Game Reserve

Conheça sobres as regiões vinícolas da África do Sul e seus vinhos especiais

 

Quer receber a proposta dessa viagem diretamente no seu e-mail?

É só preencher o formulário abaixo!


Matérias relacionadas

PARA ALCANÇAR O EQUILÍBRIO DE CORPO E ALMA

Com tantos compromissos, prazos e tensões do dia a dia, é fácil sentir os efeitos do estresse em nosso corpo e mente. Para conduzir seus pacientes a uma vida mais longeva e feliz, a Dra. Silvia Lagrotta desenvolveu o programa Take Care BR, baseado na Medicina do Estilo de Vida.

ÁFRICA DO SUL: BELEZA, VINHO E ANCESTRALIDADE

O que faz você viajar? Às vezes, é exatamente a resposta para esta pergunta que define o próximo destino! Quando sentimos aquela vontade de sair do lugar comum, de conectar com novos conhecimentos em paisagens diferentes é porque está na hora de ir para longe.

50 TRUQUES PARA RELAXAR

O estresse faz parte da vida. A chave é saber quando isso está prestes a acontecer. Saber a hora de descomprimir pode evitar uma crise de saúde. Existem muitas maneiras de manter esses fatores estressantes sob controle. Nesse post, reunimos 50 pequenos hábitos cotidianos que farão você relaxar.

Ver todos os posts

Para participar com seus relatos, fotos ou sugestões de assuntos e viagens, por favor envie um e-mail para [email protected]

WhatsApp Chat×
Atendimento WhatsAppx
Preencha os campos abaixo para falar com a nossa equipe

Horário de atendimento:
De segunda a sexta-feira das 9h às 18h